filmes de terror

Filmes de Ficção-científica

Filmes de comédia

Filmes de Aventura

Filmes de drama

Filmes de suspense

Filmes adolescentes

Filmes de ação

Clássicos

Filmes baseados em fatos reais

Filmes de Faroeste

Filmes de Animação

Franquias

Lançamentos

Filmes épicos

Filmes de fantasia

Filmes de romance

Filmes de Policial

Filmes de mistério

Filmes de Guerra

series de televisão

Notícias

Em breve

Especiais

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Logan, super-produção de lançamento de sucesso da 20th Century Fox do ano de 2017, sobre a nova aventura do famoso membro dos X-Men em uma expansão do mundo mutante que nós conhecemos!

Bom dia, meus amigos, hoje tenho uma nova crítica para vocês que é um dos grandes lançamentos de sucesso da 20th Century Fox do ano de 2017, que é o novo filme do universo mutante da Marvel dos X-Men, mas desta se passando no futuro, e é o filme solo do famoso membro da equipe dos X-Men que já tinha ganhado dois filmes anteriores, e esse mutante é o Wolverine, e no novo filme dele veremos um Wolverine totalmente diferente dos primeiros filmes da franquia.
Para aqueles que se lembram dos filmes anteriores dos X-Men vimos que o herói-mutante Wolverine era um lobo-solitário, que tinha grupo e ninguém do mundo para ele se preocupar, até que um dia ele encontra um grupo de pessoas iguais a ele, quem não se lembram do filme X-Men do ano 2000, e anos mais tarde foram lançados mais dois filmes, e com o tempo teve o primeiro filme solo do Wolverine mostrando suas origens, e com o tempo tivemos o lançamento de novos que são: X-Men: Primeira Classe, X-Men: Dias de um Futuro Esquecido, Deadpool e X-Men: Apocalipse, e antes do novo filme do Wolverine este ano, teve mais um filme dele chamado Wolverine: Imortal.
É o terceiro filme do herói-mutante se chama Logan, e se passa no ano de 2029, onde vemos um Wolverine totalmente diferente daquele visto nos filmes anteriores dos X-Men, e o jeito da trama é bastante dark e dramática no sentido com muitas cenas de ação, adrenalina drama e muita violência de tirar o fôlego de qualquer um que for assistir ao filme, e vale bastante a pena assistir, e também é um grande filme porque ele também não só nos trouxe grandes esses momentos citados acima, como também mostrou o outro lado da moeda do personagem que nós acompanhamos há muito tempo desde o início da franquia nos cinemas do mundo, mas que também um dos arcos mais explorados do filme, e como trouxe um grande desenvolvimento a trama inteira na produção.
Assim como outras franquias cinematográficas do cinema, que estão adotando esses estilos novos nas suas histórias de tornar tudo mais dramático e dark, até em produções de super-heróis onde vemos coisas um pouco até mais soltas do que nas produções da década passada, o que estou querendo dizer é que como as coisas estão modificando as franquias vão se modificando também para as novas gerações, e a franquia X-Men assim como as outras está passando por esse estágio de evolução, como vimos nos filmes anteriores lançados, como o caso de Deadpool que foi mais solto e com o nível de violência dos grandes e com um humor negro para acompanhar a produção nos seus momentos mais engraçados, e por conta foi um grande sucesso ano passado.
E assim como seu antecessor, Logan nos traz uma produção com momentos pra lá de soltos, e ainda uma com uma fórmula pra lá de familiar na história, ainda trazendo homenagem aos momentos de nostalgia para os fans da franquia cinematográfica e até os quadrinhos dos X-Men, e tudo centrado na nova realidade onde Wolverine se encontra e também em uma nova aventura com ajuda de um velho aliado, novos personagens e ainda novos inimigos que têm um plano sinistro e ainda com uma revelação surpreendente a respeito do próprio personagem que vai ser um novo relacionamento que vai girar em todo do filme inteiro.
O novo filme trabalha uma versão diferente do herói que é no futuro no ano de 2029, onde encontramos um Wolverine arrasado, velho, bêbado e com um jeito de ultrapassado, e ainda como guardião remanescente de um velho amigo e aliado próximo a ele, ou seja, é um Wolverine em que seu espírito de vontade de viver está extinto por dentro, que fica se lamentando por dentro e por fora de vez em quando uma ou duas vezes, e no mesmo sentido podemos ver que até nos seus poderes que ficaram bastante atrasados com relação ao tempo ou perda de seu antigo eu, no novo filme podemos ver que as mentes criativas queriam dar um caminho em que encontramos o mesmo Wolverine cansado da vida, entediado, e têm aquele pensamento de quer que sua vida termine logo e todo sofrimento junto, o explora como uma pessoa como ele que passou a vida inteira lutando chega ao seu limite tanto em corpo como em alma.
E também no filme vemos o seu dia-a-dia, onde a noite quando não está em bebendo até passar mal ou de ressaca, está trabalhando como chofer e motorista de limusine, para sustentar sua vida como também ajudar essa mesma pessoa próxima a ele, que é um personagem muito conhecido do universo mutante, que é o antigo líder e diretor da escola de superdotados na costa leste dos Estados Unidos, Charles Xavier e podemos ver que nesse filme o grupo conhecido como os X-Men não existem mais por conta de um incidente envolvendo a nova condição do próprio Charles Xavier, um evento que repercute o filme inteiro, e é a razão porque os dois personagens importantes da franquia se encontram nesse estado.
Mas tudo muda quando um chamado acontece na vida do protagonista que se ver obrigado a voltar a sua antiga vida de adrenalina, mas recusa porque já têm uma nova vida, e não quer ter que se preocupar com os outros; Nesse ponto da história vemos que até o próprio Wolverine virou uma pessoa bastante egocêntrica e também amarga, como se não quisesse mais sentir o grande prazer da vida, mas também na linha temporal do filme que após perder a sua família adotiva por conta do incidente por causa do professor Xavier, ele vive uma eterna batalha consigo mesmo, em aspectos de depressão, que até em uma das cenas um dos novos personagens da história se ofereceu para conversar com ele para poder ajuda-lo, mas infelizmente ele se recusa se abrir em que podemos ver em conta que o antigo Wolverine deixou de lado seu antigo eu, e se tornou também uma pessoa fechada com problemas de se abrir e viver na moita, cuidando da única pessoa que resta na sua vida, os realizadores do filme fizeram uma grande jogada inteligente de nos mostrar aquele herói que nos conhecemos desde o início da franquia que antes era durão, forte e poderoso em uma idade avançada que já está velho e cansado de lutar, porque todos nós sabemos como é a vida, “um dia nós somos aquelas pessoas jovens e fortes com vontade viver e lutar pelos nossos sonhos e no dia seguinte já é aquelas pessoas que não somos quando éramos jovens”, e para falar a verdade até pessoas mais velhas ainda conseguem ir até atrás aquilo que querem, mas no caso do próprio Wolverine, ele desistiu de viver, e é isso que algumas pessoas fazem na vida real quando as coisas não saem como querem.
O filme por outro lado nos remete a um lado nostálgico da franquia, onde ele mostra em algumas cenas em que aparecem algumas edições das revistas em quadrinhos dos X-Men daquelas antigas, que faz referência à própria equipe que não existe mais, e até houve até citações da equipe também até dos próprios personagens do filme que fazem referência aos personagens das histórias em quadrinhos, mesmo que seja por curto período fomos apresentados novos elementos como novos mutantes que foram um grande foco no filme inteiro, e que nos revelou novos talentos que podem ser vistos nos próximos filmes da franquia, e ainda trouxe a tona velhos inimigos com uma nova roupagem de tirar o fôlego, e não perder nenhum lado da história.
Uma das coisas que o filme explora também é a nova realidade do mundo dos mutantes que se encontra no momento por conta, que o número de mutantes está diminuindo e ninguém sabe o motivo, isso é o que torna um dos mistérios da história principalmente no que trama nos apresenta na evolução da mesma e por conta que em muitos momentos no filme não tivemos quase nenhuma citação das pessoas normais e nem dos políticos por conta da população mutante, como era feita nos filmes anteriores dos X-Men, o motivo se mostrar dessa forma, é porque o mundo se tornou outro, também não vemos no nosso mundo de hoje que as coisas estão mudando e que elas não eram como as coisas eram antigamente, o filme nos passa também essa mensagem em especial através de sua trama mais adulta, dramática e dark em todos os sentidos, é porque nós sempre ouvimos dos mais velhos que as coisas sempre mudam sejam elas contextos da nossa realidade ou em outros parâmetros, até as próprias pessoas mudam.
E também sem falar que o roteiro acerta na maioria dos pontos e peca em poucos que vou citar no decorrer do parágrafo; Para começar o filme faz uma grande evolução na história em nos mostrar rostos velhos da franquia em novos ambientes e com novos desafios sejam eles com novas ameaças ou em entre o próprio emocional do próprio protagonista uma coisa que ficou bastante presente no filme inteiro, outra coisa que o filme acertou em cheio é misturar as antigas aventuras dos X-Men nos quadrinhos com a missão central na história do filme, porque essa mesma nostalgia misturada com aqueles elementos dark e dramático é que estão fazendo parte de muitas histórias de produções cinematográficas e televisivas dos dias de hoje e que a maioria delas está fazendo sucesso com essa nova onda. Além disso, o filme nos remete a temática do sentido da vida, como citei anteriormente acima a respeito da história central do novo filme com relação ao próprio Wolverine, ainda que nos apresentem uma expansão enorme desse universo que têm muita coisa para ser explorada tanto em histórias como em personagens em todos os detalhes, como tivemos um grande destaque na história para um dos novos personagens da história da personagem X-23, conhecida como Laura que a chave principal da trama do filme inteiro, e têm uma relação próxima com o Wolverine. 
A relação dessa nova mutante com o próprio Wolverine foi um dos pilares mais importantes da trama do filme como em momentos de ação assim como emocionais, no decorrer do filme vamos descobrindo as origens da mesma mutante, e também porque a vida da mesma está em perigo, e tudo está relacionado com uma empresa militar dos Estados Unidos com um interesse forte nos mutantes, e também a aventura do filme se estende desde o sul dos Estados Unidos até o norte dos Estados Unidos perto da fronteira com o Canadá, e durante esse tempo que ficaram juntos, nasceu uma dinâmica entre os dois, mesmo em aspectos de estranheza e alguns desentendimentos podemos ver no final que o relacionamento dos dois foi forte componente para o filme.
E as cenas de ação foram muito boas com relação ao filme, em muitos aspectos o filme ficou na mesma medida do filme Deadpool só que sem o lado do humor negro da história do roteiro, mas porque houve muitas cenas de tirar o fôlego envolvendo cenas de luta que terminaram em banhos de sangue das grandes, ou seja, o filme quase todo foi uma pancadaria em tiveram momentos de muita adrenalina também, e quase sempre nesses momentos Wolverine quase não levava a melhor, porque é um filme em que mostra que ele estava muito cansado e velho para lutar não era mais o mesmo que era antes, mas por conta tivemos uma versão melhorada dele mesmo com um fôlego maior, jovem e com um desejo maior de viver que ele não tem mais, e que se mostrou uma protagonista forte no mesmo estilo do próprio Wolverine, e também em um dos próximos filmes da franquia podem se centrar na própria X-23 e nos mutantes juvenis que foram apresentados no filme, que podem render uma nova história para a franquia, não porque mesmo que alguns sejam atores estreantes e pouco tempo de tela se mostraram bem talentosos em muitos sentidos.
E ainda na produção tivemos também tivemos muitos efeitos especiais, incluindo as cenas dos poderes telepáticos do próprio professor Xavier que se mostraram em grande parte muito legais em todo o filme, e ainda tivemos a apresentação dos poderes de algumas dos novos mutantes que apesar de terem sido bastante poucos, mesmo assim deu um gasto para história em essencial, mas única que ficou em aberto no filme todo foi como os X-Men não existem mais? Claro que voltar no tempo enrola muito algumas produções, mas também deixa-las sem uma explicação de como aconteceu e como chegou àquilo deixa um vácuo de duvidas para os espectadores e o que resulta também em buracos na história do roteiro, mas algumas das coisas que o roteiro conseguiu se mantiver no filme contar a história central das crianças com relação à empresa, e assim o roteiro de Logan é livre e solto mesmo com algumas pontas soltas na história, mas consegue manter a atenção do espectador por muito tempo, e ainda com um final pra de triste que até podem deixar os fãs do herói mutante Wolverine decepcionados em alguns sentidos, principalmente com outro personagem querido da franquia, que já teve sua morte mostrada nas grandes telas, e que mostrou uma das grandes embolações dos cinemas por conta do terceiro filme da franquia exibido em 2006, e também Logan apresentou o que muitos filmes estão mostrando atualmente também a questão da família.
E ainda o final do filme teve uma cena emocionante de tirar o fôlego por conta do nascimento de uma nova relação entre o próprio Wolverine e a mutante X-23, que mesmo que tenha durado pouco, ela também essencial para o desfecho para a história do protagonista em si, porque já houveram um ditado popular “um fim de uma antiga era, marca o início de uma nova era.”.
O filme é dirigido pelo diretor americano James Mangold (diretor do filme Wolverine: Imortal), com o roteiro escrito pelo próprio James Mangold, Michael Green (roteirista das series Smallville, Heroes e do filme Lanterna-Verde), David James Kelly e Scott Frank (roteirista do filme Wolverine: Imortal), e o filme foi produzido por Simon Kinberg, Hutch Parker e Lauren Shuler Donner, no elenco do filme estão: Hugh Jackman, Patrick Stewart, Dafne Keen (da serie The Refugees), Stephen Merchant (da serie The Office US), Boyd Holbrook (dos filmes Garotas Inocentes, A Garota Exemplar e Noite sem Fim e da serie Narcos), Richard E. Grant (dos filmes Drácula de Bram Stoker e A Noiva-Cadáver), Eriq La Salle (da serie ER), Elise Neal (do filme Pânico 2), Elizabeth Rodriguez (das series Orange is The New Black), Doris Morgado, Hannah Westerfield e entre outros que participaram da produção.
Vejam a trilha sonora do filme:

Vejam a nota do filme abaixo:
Avaliação do filme:
Nota:8,7/10,0
Resultado de imagem para Logan 2017 posters
E suas imagens:
Resultado de imagem para Logan 2017 posters
Resultado de imagem para Logan 2017 posters
Resultado de imagem para Logan 2017 posters
Resultado de imagem para Logan 2017 posters
Resultado de imagem para Logan 2017 posters
 Ao todo, o filme atingiu US$ 88,4 milhões na América do Norte – US$ 3 milhões a mais que o previamente divulgado. E a diferença é ainda maior no mercado internacional.  Os US$ 159 milhões obtidos pelo filme no exterior estão US$ 7 milhões acima do estimado, o que é suficiente para bater um recorde importante de arrecadação: “Logan” superou a marca de maior estreia internacional de um lançamento com classificação etária “R” (para maiores de 17 anos) em todos os tempos, que pertencia a “Cinquenta Tons de Cinza”, com US$ 156 milhões em 2015.
O filme que já arrecadou US$ 184 milhões nos Estados Unidos e US$ 339 milhões ao redor do mundo, alcançando ontem a incrível marca de US$ 523 milhões, não apenas se pagou muito bem, mas também foi de longe a maior bilheteria mundial da saga X-Men.para o ano que vem;
Logan já está sendo exibido em todos os cinemas do mundo há 45 dias de acordo com o BoxOfficeMojo, e já conseguiu arrecadar em bilheteria mundial a incrível quantia de US$ 603 milhões.
Isso é uma bela marca para o filme de Hugh Jackman, já que ultrapassa os valores arrecadados por X-Men Origins: Wolverine (US$ 373 milhões) e The Wolverine (US$ 414 milhões).
O projeto de apenas US$ 97 milhões de James Mangold já pode se dizer um vitorioso, visto que agradou as críticas, os fãs e é claro fez uma bilheteria 6 vezes maior que orçamento do filme.
Vejam os próximos filmes da franquia X-Men Que são:
-Os Novos Mutantes (sexta-feira, 13 de abril de 2018)
Resultado de imagem para Novos Mutantes filme de terror
- X-Men: Fênix Negra (sexta-feira, 2 de novembro de 2018)
Espero que gostem da nova postagem, e até a próxima, meus amigos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário